O curativo Membracel não necessita de trocas regulares. O tempo de troca varia de acordo com a quantidade de exsudato e a presença de contaminação na ferida. Em feridas com grande quantidade de secreção e/ou contaminadas, é aconselhável efetuar a troca em até 7 dias. Na medida em que o exsudato for diminuindo e/ou a contaminação, a permanência da membrana deverá aumentar. O curativo deverá ser trocado caso ocorra à ruptura da membrana, quando a ferida apresentar odor forte ou a critério do profissional que esteja acompanhando o caso.
Para feridas superficiais, pode ser realizada a aplicação única em torno de 10 dias. Em feridas crônicas, a primeira troca deve ser feita em torno de 7 dias e, na medida em que for diminuindo o exsudato/contaminação, aumentar para 10 a 12 dias. A troca do curativo secundário deve ser realizada todos os dias.

COMENTE ESTA PUBLICAÇÃO