Odor na ferida pode estar relacionado com colonização e/ou contaminação por bactérias. O curativo Membracel controla essa contaminação através da estimulação de migração de células brancas para o leito da ferida como os macrófagos, leucócitos e linfócitos. Porém, é necessário realizar a retirada do curativo primário, uma limpeza mais profunda e a recolocação da membrana. Caso seja verificada infecção, o tratamento com antibioticoterapia sistêmico está indicado, mas para isto, consulte um médico. Nesses casos, é indicada a troca mais frequente da membrana (de 5 a 7 dias). Com as trocas frequentes, o odor forte deve diminuir.

COMENTE ESTA PUBLICAÇÃO