Os poros existentes na Membracel têm a função de permitir a livre passagem do exsudato (líquido das feridas) para o curativo secundário. Se a ferida apresentar exsudação baixa e ou moderada o poro da membrana deverá ter espessura média, entre 1,0 a 2,0 mm (indicado para a grande maioria dos casos). Já para casos em que o exsudato for abundante o ideal é que os poros sejam grandes, entre 2,0 a 3,0 mm. A membrana regeneradora porosa deverá cobrir toda a área exposta da lesão e ter um excesso mínimo de 1 cm a partir de suas bordas. O formato escolhido deve ser o que mais se aproxime à forma da lesão.

COMENTE ESTA PUBLICAÇÃO