No último post falamos sobre como identificar o tipo de queimadura e o que fazer imediatamente após o acidente. Hoje, vamos falar sobre o tratamento para esse tipo de lesão. Para as lesões de 1º e 2º grau, a utilização de pomadas e cremes específicos é uma das indicações mais comuns.

O uso de curativos que promovem a cicatrização e auxiliam na evolução do tratamento, como a membrana porosa regeneradora Membracel, também é bastante eficaz. A membrana proporciona o alívio imediato da dor e acelera a regeneração da pele atingida e deve ser colocada, no caso das queimaduras de 2º grau, somente após o rompimento da bolha.

As lesões de 3º grau precisam ser avaliadas caso a caso para identificar o melhor tratamento. Procurar orientação médica é a recomendação mais importante. O tratamento adequado pode ajudar a acelerar a regeneração da pele e minimizar as consequências, deixando cicatrizes menos aparentes, por exemplo.

COMENTE ESTA PUBLICAÇÃO