“Sou ostomizada desde 2012. Tenho colostomia definitiva devido à Doença de Crohn. As dificuldades de adaptação foram superadas com relativa facilidade. Meu maior incômodo sempre foi o odor que se espalha quando vou limpar minha bolsa. É constrangedor e por isso eu sempre busquei uma maneira de amenizar o cheiro. Como meu marido fez mestrado em química, nós analisamos todos os produtos que prometem amenizar o cheiro. Testei vários produtos que já estavam no mercado, mas que, no meu caso, deixavam a desejar. Foi então que soube da existência das cápsulas da Vuelo, que estavam em processo de desenvolvimento. Esperei ansiosamente e, assim que chegaram ao mercado, eu comprei. Confesso que o preço coerente foi o que me estimulou inicialmente, mas depois de usar eu fiquei tão satisfeita! Antes, quando eu esvaziava minha bolsa, o cheiro permanecia no ar por horas. Agora ele desaparece rapidamente. Além disso, ele facilita a limpeza da bolsa e ajuda a mantê-la limpa. Quando eu lavava minha bolsa ao tomar banho, sempre ficavam resíduos nela, agora não. E não há nada melhor do que a gente se sentir limpa.

Não digo que o cheiro não existe, ele existe sim, mas foi amenizado em 80% e o resíduo se dissolve com mais facilidade. A Vuelo encontrou a fórmula certa de transformar as moléculas de enxofre. Eu nem sei como agradecer por uma preocupação com um produto que atende poucas pessoas. Sei que a empresa não vai parar por aí e vai buscar outras formas de melhorar ainda mais a vida de ostomizados como eu.  As cápsulas vieram para me ajudar muito. Não consigo mais ficar sem elas. Agradeço pela preocupação em fazer um produto que nos ajude a enfrentar algo tão difícil.”

Maria Thereza Asturiano, de Santa Adélia (SP)

COMENTE ESTA PUBLICAÇÃO

WhatsApp chat