“Há pouco mais de 2 anos eu convivo diariamente com a EB. Sou mãe do Miguel, um menino muito carinhoso e cheio de disposição. Logo após o parto, descobrimos que algo estava errado. Veio, então, o diagnóstico de epidermólise bolhosa, uma doença que sequer tínhamos ouvido falar. No começo, ficamos sem chão. Mas após cada pequena vitória, cada conquista, fomos ganhando mais segurança e criando nosso bebê com todo carinho e cuidado. Nosso amor multiplicava a cada dia.

Hoje, o Miguel já está com quase 3 anos. Brinca, corre e pula como uma criança normal. É claro que a pele delicada exige mais cuidado e atenção, mas isso não limita nosso pequeno de ser feliz.

Quando as lesões na pele aparecem, imediatamente nós tratamos com Membracel e, em poucos dias, a ferida já está cicatrizada. Assim, nosso Miguel pode continuar com as brincadeiras que tanto gosta. Ver nosso filho disposto e feliz é o que nos motiva e é por ele que lutamos todos os dias. A alegria dele faz nossos corações transbordarem.”

membracel, epidermólise bolhosa, lesão de pele

Jéssica e o filho, Miguel.

COMENTE ESTA PUBLICAÇÃO

WhatsApp chat