Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Apesar de o Brasil ser o segundo país em todo o mundo em casos de hanseníase (ficando atrás apenas da Índia), a doença – antigamente conhecida como lepra – ainda é bastante negligenciada.

 


O que é a hanseníase?

É uma doença crônica, infectocontagiosa e que atinge especialmente homens. A transmissão é feita por vias aéreas, através de tosse ou espirro.


Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico para hanseníase é feito por meio de exames gerais e dermatológicos, que buscam identificar lesões ou áreas da pele com pouca ou nenhuma sensibilidade, alterações motoras e sensitivas.

Quando diagnosticada tardiamente, a hanseníase pode resultar em feridas, perda da sensibilidade protetora da pele, diminuição da força muscular e deformidades visíveis em mãos, pés e olhos.


Comprometimento da hanseníase:

A hanseníase é considerada uma das principais causas de incapacidades físicas devido a seu potencial para lesões neurais. Além disso, gera deformidades físicas que prejudicam a funcionalidade de membros, causam dor e podem, inclusive, levar à amputações.


Quais os sintomas da hanseníase?

Os primeiros sintomas são formigamentos, dormência ou ardor nos braços, mãos, pernas ou pés. Na sequência, percebe-se a diminuição da força muscular das mãos, pés ou rosto.

Com o passar dos meses ou até anos, surgem manchas na pele, que podem ser esbranquiçadas, avermelhadas ou de coloração castanha. Outros sintomas são: pele seca, queda de pelos, nódulos avermelhados e doloridos.


Como é o tratamento para hanseníase?

A hanseníase tem cura. O tratamento leva entre 6 e 12 meses e é oferecido gratuitamente pelo SUS (Sistema Único de Saúde). O paciente toma uma medicação em casa, todos os dias, e vai à unidade de saúde mensalmente para receber a dose supervisionada. Assim que inicia o tratamento, o paciente não transmite mais a doença.


Como tratar as feridas causadas pela hanseníase?

O tratamento das lesões pode ser realizado com a Membrana Regeneradora Porosa Membracel, que acelera a cicatrização da pele. Além disso, a membrana não necessita de trocas diárias e, portanto, proporciona mais conforto ao paciente, que não precisa passar por inúmeras trocas de curativos.

A Membracel protege as terminações nervosas, diminuindo a dor já na primeira aplicação. Com a membrana, o paciente consegue retomar a qualidade de vida durante o tratamento devido, principalmente, a diminuição da dor.

 

COMENTE ESTA PUBLICACIÓN