Setembro é o mês de prevenção ao câncer de intestino

 

Setembro é o Mês de Prevenção ao Câncer de Intestino, terceiro tumor mais frequente no Brasil, ficando atrás apenas do câncer de próstata e do câncer de mama.

A campanha tem o objetivo de informar a população sobre fatores de risco e a importância da prevenção e do diagnóstico precoce para o rastreamento e tratamento da doença.

A data existe, portanto, para incentivar a prevenção e a detecção precoce, já que a cura está diretamente ligada ao estágio da doença no momento do diagnóstico.

 

Mulher com dores abdominais

A prevenção é a chave no combate ao câncer de instestino

 

Fatores de risco

Identificar os fatores de risco e mudar os hábitos é o caminho correto para a prevenção.

Fazem parte do grupo de risco:

     – Pessoas que mantém uma dieta rica em gorduras e carnes vermelhas;

     – Fumantes;

     – Alcoólatras;

     – Sedentários;

     – Obesos;

     – Diabéticos;

    – Pessoas com histórico de câncer na família;

    – Pessoas com histórico de longos períodos de colite.

 

Sintomas do câncer no intestino

Observar os sintomas é essencial para detectar a doença o mais breve possível, aumentando as chances de cura.

Os principais sintomas do câncer no intestino são:

     – Sangue ou muco nas fezes;

     – Cólicas por longos períodos;

     – Alteração no funcionamento do intestino;

     – Emagrecimento sem explicação;

     –  Cansaço;

     – Sinais de anemia;

     – Vontade permanente de evacuar.

Homem cansado dormindo sobre a mesa de trabalho

Cansaço sem motivo e recorrente pode ser um dos sintomas do câncer de intestino

 

Exame para prevenção de câncer no intestino

O exame mais completo e recomendado para identificação do câncer no intestino é a colonoscopia.

A colonoscopia é capaz de prevenir esse tipo de tumor, pois permite encontrar pólipos. Os pólipos são lesões benignas que, ao longo do tempo, podem crescer e se transformar em tumores malignos.

Por meio da colonoscopia, os pólipos podem ser identificados e retirados durante o próprio exame.

 

Quando devo realizar o exame?

A idade padrão para começar a fazer o exame anualmente costuma ser a partir dos 50 anos.

Porém, pessoas com histórico de câncer na família devem iniciar os exames mais cedo, por volta dos 40 anos – ou até antes se o médico julgar necessário.

Portadores de doenças crônicas do trato intestinal (como Retocolite Ulcerativa e Doença de Crohn) devem manter o acompanhamento frequente com o Proctologista desde o diagnóstico.

De maneira geral, o exame pode ser realizado em qualquer idade. Havendo os sintomas, o médico deve ser procurado o quanto antes para avaliação do caso e encaminhamento.


Sobre a colonoscopia

Uma das maiores dificuldades na prevenção e diagnóstico do câncer de intestino é a resistência dos pacientes em realizar o exame de colonoscopia, seja por medo, falta de informação ou puro preconceito. Esse tipo de exame é feito com o paciente sedado e anestesiado e, portanto, não há dor. O único desconforto que pode ocorrer é uma cólica após o exame, já que durante o exame é liberado gás carbônico dentro do intestino.

Poucas pessoas manifestam sintomas na fase inicial da doença. Os primeiros sinais costumam aparecer nas fases mais avançadas. Por isso é tão importante realizar o exame de colonoscopia sempre que houver indicação médica.

A colonoscopia é um exame de baixo risco, mas que exige certa preparação, com dieta líquida e ingestão de laxantes. Além disso, a sedação pode exigir jejum de seis horas.

 

Importância do diagnóstico precoce

Muitas vezes, quando o tumor é identificado no estágio inicial, com a cirurgia o paciente já apresenta grandes chances de cura.

Quando a doença é detectada em estágio mais avançado, pode ser necessário realizar quimioterapia ou radioterapia, sendo que a radioterapia é uma opção apenas em casos em que o tumor se encontra no reto (parte final do intestino, próxima ao ânus).

 

Mulher praticando atividades físicas para evitar câncer no intestino

Manter bons hábitos e fazer o exame de colonoscopia (quando solicitado pelo médico) ajuda na prevenção do câncer de instetino

 

Prevenção do câncer de intestino

Manter hábitos saudáveis é a melhor forma de prevenir o câncer de intestino. Por isso:

     – Pratique atividades físicas regularmente;

     – Mantenha uma dieta rica em fibras, frutas, legumes e cereais;

     – Beba bastante água todos os dias;

     – Diminua o consumo de carne vermelha, principalmente carnes processadas (linguiça, salame, embutidos e carnes defumadas);

     – Não fume;

     – Não ingira bebidas alcoólicas.

COMENTE ESTA PUBLICAÇÃO

WhatsApp chat