Como as feridas para varizes se formam?

Dos diversos tipos de úlceras que afetam membros inferiores, as úlceras varicosas (também chamadas de úlceras venosas) são responsáveis pela maioria dos casos.

São feridas que, geralmente, atingem a região dos tornozelos.

 

As úlceras varicosas são causadas devido à má circulação sanguínea e ao aumento da pressão venosa, no fluxo que leva o sangue de volta ao coração.

A deficiência no funcionamento das válvulas sanguíneas faz com que o sangue fique estagnado, causando varizes, inchaço e alterações na coloração e textura da pele.

 

Varizes não tratadas e que existem há anos podem se agravar e também causar feridas. Essas lesões podem evoluir para a condição crônica, se tornando, então, as úlceras varicosas.

 

Médico enfaixando a perna de paciente

 

Quais as melhores formas de tratamento?

Logo que o problema vascular é identificado, é essencial iniciar o acompanhamento com médico vascular ou angiologista. Antes de tratar a lesão em si, é preciso identificar a causa do problema e normalizar o fluxo sanguíneo.

Elevar as pernas por 2 horas no período da manhã e 2 horas no período da tarde ajuda a melhorar o retorno do sangue ao coração. Pode ser necessário, de acordo com orientação médica, a utilização de bandagem compressiva, como Bota de Unna.

 

Para o tratamento de úlceras varicosas, a Membrana Regeneradora Porosa Membracel é indicada, pois acelera a cicatrização da pele.

Por conter poros, a membrana permite a drenagem do excesso de exsudato (secreção da ferida) e favorece as trocas gasosas. Esses dois fatores auxiliam na formação do tecido de granulação, etapa essencial do processo de cicatrização da pele.

A membrana, ainda, protege as terminações nervosas, diminuindo a dor já na primeira aplicação.

 

Enfermeiro aplicando a Membracel Membrana Regeneradora Porosa

 

Existem outros cuidados simples que podem ajudar o organismo a recuperar a pele da região afetada, como manter uma alimentação rica em proteínas e vitaminas e ingerir, pelo menos, 2 litros de água diariamente.

Além do tratamento da úlcera, é preciso cuidar da pressão venosa para evitar o surgimento de novas úlceras ou abertura das úlceras já tratadas. O profissional capacitado para cuidar do sistema circulatório é o cirurgião vascular ou o angiologista.

 

Como fazer curativo para feridas de varizes?

Seguir as orientações médicas e utilizar o curativo correto é crucial para o sucesso do tratamento.

 

Para aplicação da Membrana Regeneradora Porosa Membracel, siga os passos abaixo:

     1 – Lave a lesão com soro fisiológico em jato ou com outra solução específica para limpeza (como Prontosan ou Aquasept). Se possível, aqueça o soro fisiológico antes da utilização;

     2 – Posicione a membrana sobre a ferida, cuidando para que ultrapasse 1 cm os bordos da lesão;

     3 – Umedeça a membrana com a solução para limpeza acomodando-a com o auxílio de uma gaze;

     4 – Na sequência, aplique uma gaze esterilizada para drenagem do excesso de exsudato (secreção da ferida) e enfaixe a região. Esse curativo secundário deve ser trocado diariamente ou sempre que estiver saturado (úmido) e perder sua capacidade de absorção.

 

Troca do curativo secundário:

Remova a gaze e limpe a ferida, sem retirar a membrana.  Pressione levemente a membrana com uma gaze para retirar o excesso de exsudato que possa estar embaixo da membrana. Essa higienização pode ser feita uma ou mais vezes por dia, de acordo com a quantidade de exsudato que a ferida apresenta.

 

 

 

No início do tratamento, a membrana pode permanecer na lesão entre 5 e 7 dias. Conforme o tratamento for evoluindo, a permanência da membrana pode chegar a até 12 dias.

 

No vídeo abaixo, o enfermeiro estomaterapeuta da Vuelo Pharma, Antônio Rangel, explica o passo a passo para aplicação da Membracel em úlcera varicosa e como realizar a troca do curativo secundário. 
Atenção! O vídeo pode conter imagens fortes.

 

COMENTE ESTA PUBLICAÇÃO

WhatsApp chat