É chamada mamoplastia toda cirurgia plástica que modifica o tamanho ou formato das mamas. Pode aumentar, diminuir ou alterar a aparência dos seios, com o objetivo de torná-los mais harmoniosos e proporcionais com relação ao restante do corpo. Nesse post, vamos ver quais os tipos de cirurgia nas mamas, os cuidados necessários com pontos de mamoplastia e como evitar a abertura dos pontos.

 

Paciente escolhendo prótese de silicone para mamoplastia

 

Tipos de mamoplastia:

 

– Mamoplastia redutora

Indicada para casos em que os seios são muito volumosos e, em alguns casos, acabam causando desconforto e dor na coluna. Ao remover o excesso de gordura, o tecido glandular e o excesso de pele, essa técnica deixa o tamanho da mama proporcional ao corpo da paciente. A cicatriz vai depender da quantidade de pele flácida retirada e do tipo de incisão realizada pelo cirurgião.

 

– Mamoplastia de aumento

Cirurgia para implante de prótese e aumento dos seios. Para esse tipo de cirurgia plástica, existem diversos tamanho e formatos de próteses, assim como os tipos de incisões (corte). Essas definições devem ser feitas pelo médico em conjunto com a paciente.

 

– Mamoplastia reparadora (mastoplastia):

Busca corrigir assimetrias mamárias, como o tamanho das aréolas, diferenças de tamanho, altura e formato dos seios. Essa técnica pode envolver implante, redução e até o reposicionamento das mamas.

 

– Mastopexia (lifting de mamas):

Tem o objetivo de levantar os seios que encontram-se flácidos e caídos. As principais razões que levam a paciente a procurar esse tipo de procedimento são o processo natural de envelhecimento, após o período de amamentação ou perda de peso. Essa cirurgia remove a pele excedente das mamas para alcançar o resultado esperado. Muitas pacientes que optam por essa técnica também colocam a prótese de silicone.

 

– Mamoplastia reconstrutiva:

Indicada para pacientes que passaram pela retirada da mama ou parte dela devido a um tumor. Para refazer a mama, muitas vezes, o cirurgião precisa remover tecido de outras regiões do corpo, como costas e abdômen.

 

Como são os pontos de mamoplastia?

O tipo de ponto utilizado em uma cirurgia plástica varia de acordo com as escolhas feitas pelo médico, como tipo de fio ou técnica de sutura. A experiência e percepção do cirurgião, assim como o histórico do paciente, é que vão determinar essa escolha.

 

Médico segurando fio e agulha para sutura de mamoplastia

 

De maneira geral, nos casos de mamoplastia são utilizados pontos internos e absorvíveis. Os pontos internos colaboram para a sutileza da cicatriz, já que ficam abaixo da camada visível de pele. Ainda visando a estética da cicatriz, o fio absorvível é vantajoso porque não precisa ser removido mecanicamente pelo cirurgião, pois não é prejudicial ao organismo.

 

Ao se tratar de mamoplastia ou qualquer outro procedimento estético, os pontos de sutura precisam ser feitos com cuidado redobrado. Além de cuidar para que os pontos não fiquem muito frouxos ou apertados, o cirurgião plástico precisa ter atenção especial com a simetria e aparência da sutura. 

 

O que fazer quando os pontos de mamoplastia abrem?

Para evitar que um ou mais pontos se abram, é importante tomar alguns cuidados básicos após a cirurgia, como não carregar bolsas penduradas no ombro ou segurar crianças no colo. Essas atitudes, além de prejudicar o ponto, podem causar o descolamento da prótese de silicone (quando for o caso).

Mas e se mesmo tomando cuidado os pontos romperem? Mantenha o local limpo e protegido e informe seu médico o mais breve possível. A deiscência pode evoluir para uma situação grave, necessitando de acompanhamento e orientação médica para definição do melhor tratamento.

 

É extremamente importante seguir à risca as orientações do médio para o período pós-operatório. Na maioria das vezes, pontos abertos não podem ser fechados novamente, o que torna a cicatrização muito mais complexa e demorada. Portanto, é essencial redobrar os cuidados.

 

Cuidados gerais após a cirurgia

Fizemos uma lista com os cuidados principais para o período pós-operatório. Veja abaixo:

 

Cuidados gerais:

     – Alimentação: o ideal é manter uma dieta leve a moderada nos primeiros 7 dias após a cirurgia. A medicação (antibióticos, analgésicos e antiinflamatórios) pode deixar o estômago mais sensível, causando enjoo e mal estar. Passado esse período, você pode voltar à rotina normal de alimentação.

     – Sutiã: após a cirurgia, a paciente deve passar a usar o sutiã cirúrgico, retirando-o apenas para o banho (o ideal é ter duas peças para poder lavá-las). É o cirurgião quem determina por quanto tempo o sutiã cirúrgico será necessário, mas, em média, o prazo é de 1 mês.

     – Drenagem linfática: o cirurgião pode recomendar drenagem linfática para eliminar o excesso de líquidos e diminuir o edema (inchaço). Os movimentos devem ser leves. Por isso, sempre procure um especialista.

     – De volta à rotina: de maneira geral, o período para retornar ao trabalho e aos estudos é de uma semana. Porém, é sempre importante consultar seu médico.

     – Atividades físicas: atividades físicas, movimentos bruscos e o levantamento dos braços devem ser evitados até que haja liberação médica.

     – Repouso: quando for deitar, mantenha o tronco elevado apoiado por almofadas e travesseiros. Não deite de lado ou de bruços até que o médico libere.

     – Sol: o sol pode causar marcas permanentes. Portanto, evite praia e piscina e não exponha a região operada ao sol até liberação médica.

 

Prato de salada para dieta leve

Mantenha uma dieta leve nos primeiros dias após a cirurgia

 

Quais os cuidados necessários com pontos de mamoplastia?

Como já falamos neste post, para evitar a abertura de pontos de mamoplastia e outras complicações, a principal dica é não fazer esforço físico. Siga as orientações de repouso passadas pelo cirurgião. Os cuidados nas primeiras semanas são essenciais para o sucesso do tratamento e a boa cicatrização da pele.

Cada caso é um caso e cada organismo reage de uma forma. Se o médico indicou 30 dias de repouso, descanse durante o mês todo antes de retomar as atividades.

 

Além disso, é muito importante manter o corte sempre limpo e protegido por um curativo. Esse cuidado ajuda a evitar que sujeiras e microrganismos entrem em contato com o corte e causem infecções.

Atenção: qualquer alteração nos pontos, como saída de secreções ou temperatura elevada no corte, deve ser comunicada ao médico.

 

Como prevenir a abertura de pontos de mamoplastia?

Embora deiscência seja uma ocorrência rara, é importante tomar cuidado para evitar qualquer pequena complicação que possa dificultar a cicatrização.

 

Pontos de mamoplastia

 

Veja abaixo como prevenir a abertura dos pontos:

     – Quando for tossir, espirrar, rir, vomitar ou fazer movimentos que aumentem a pressão na região da cirurgia, procure aplicar pressão sobre o corte para manter os pontos seguros;

     – Para evitar esforço físico, peça ajuda para realizar as atividades diárias, inclusive as mais básicas, como tomar banho, deitar e levantar da cama;

     – Para diminuir o risco de infecções, evite molhar o corte até que seu médico libere. Proteja a região com material impermeável, como plástico filme.

 

Como tratar pontos de mamoplastia abertos?

A deiscência vai muito além da questão estética. Se não tratada corretamente, pode evoluir para uma complicação grave. Portanto, é importante utilizar curativos especiais que acelerem a cicatrização e potencializem os resultados.

É o caso da Membrana Regeneradora Porosa Membracel, uma membrana de celulose que alivia a dor e estimula o processo cicatricial. Por conter poros, a membrana permite a drenagem do excesso de exsudato (secreção da ferida) e favorece as trocas gasosas. Esses fatores auxiliam na formação do tecido de granulação, etapa essencial do processo de cicatrização da pele.

 

Em alguns casos, pode ser que o médico indique antibiótico para tratar uma possível infecção.

Os pontos de cirurgia plástica exigem dedicação por parte do paciente e cuidados específicos. Ter paciência faz toda diferença no resultado da cirurgia.

O repouso é fundamental para que o organismo se recupere do procedimento. As atitudes desse período influenciam diretamente no pós-operatório e, inclusive, na cicatriz. Portanto, mais uma vez, é muito importante seguir à risca as orientações médicas.

 

Membracel para tratamento de ferida de mamoplastia

 

Cicatrizes de mamoplastia

As cicatrizes das cirurgias de mamoplastia variam de acordo com:

     – Objetivo da cirurgia: redução, aumento, reconstrução…

     – Tipo de incisão: em “T”, “L”, “I”, pela aréola, etc.

     – Características da paciente: algumas pessoas têm pré-disposição para formação de queloides, por exemplo.

 

Cicatriz de mamoplastia

 

Mas, de maneira geral, a cicatrização ideal de uma mamoplastia pode ser dividida em três períodos:

1 – Do 1º até o 30º dia: o corte deve ter bom aspecto, sinalizando cicatrização e união dos bordos do corte. A dor diminui a cada dia.

2 – Do 2º mês até 12º mês: a cicatriz muda de espessura e cor, passando do vermelho para o tom marrom e, então, clareando gradativamente.

3 – Do 12º mês ao 18º mês: aos poucos, a cicatriz fica cada vez mais clara e menos espessa até que, por volta de um ano e meio, ela assume seu aspecto definitivo.

COMENTE ESTA PUBLICAÇÃO

WhatsApp chat