Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Conviver com uma ostomia pode parecer um bicho de sete cabeças no início, mas, aos poucos, a pessoa vai se adaptando a nova rotina e a bolsinha passa a ser apenas um detalhe no dia a dia.

 

Ter uma ostomia não é impeditivo para retomar as atividades e manter uma vida normal. É claro que a bolsinha exige uma atenção extra, mas com alguns cuidados é possível estudar, trabalhar, praticar esportes e ter uma vida social normal.

 

No post de hoje, separamos algumas dicas que podem te ajudar a se sentir mais seguro e tirar de letra o convívio com familiares, colegas e amigos.

 

Bolsa de ostomia aplicada

Pessoas ostomizadas podem ter uma vida normal.

 

Cuide da sua alimentação

Manter uma dieta equilibrada é essencial para qualquer organismo. Se tratando de ostomia, essa dica é ainda mais importante.

Garanta que a sua dieta inclua proteínas, vitaminas, minerais e carboidratos suficientes para uma alimentação saudável.

 

Novos alimentos devem ser “testados” aos poucos. Alguns alimentos são laxativos e deixam as fezes mais moles (ameixa, mamão, aveia, maçã, etc.). Outros, aumentam a produção de gases e podem causar desconfortos, como ovo, repolho, peixe e cebola. Portanto, esteja sempre atento à adaptação do seu organismo a cada alimento.

 

Lembre-se, também, de ingerir bastante líquido durante o dia. A ostomia elimina os líquidos do corpo com mais facilidade e é preciso manter boa hidratação.

 

Nesse post falamos mais sobre a relação dos alimentos com a ostomia.

 

Na escola ou no trabalho

Passado o período de recuperação da cirurgia e adaptação à bolsinha, o ostomizado pode retomar sua vida normal.

Voltar à escola ou ao trabalho pode parecer assustador, mas é possível lidar com a nova situação, tornando-a mais simples e confortável.

 

Você pode escolher contar ou não para os seus colegas e amigos sobre a nova condição. Essa é uma decisão que cabe apenas a você. Porém, lembre-se que a ostomia não é impeditivo para que você viva uma vida normal. E, além disso, tente pensar na ostomia como uma possibilidade de viver melhor e com mais qualidade.

 

Falar sobre a ostomia pode te ajudar a lidar com essa nova fase. Sem dúvida, seus amigos e familiares irão entender a situação e apoiá-lo sempre que necessário.

Converse com seus professores, colegas, gestores e outras pessoas próximas sobre as especificidades que bolsinha traz. Você, provavelmente, precisará ir ao banheiro diversas vezes ao longo do dia. Essa rotina fica muito mais tranquila se eles estiverem a par da situação.

 

Namorando com ostomia

Relacionamento. Esse é outro tema que deixa muito ostomizado assustado e inseguro. E esse sentimento é completamente natural, pois o estoma pode mudar a percepção que a pessoa tem do próprio corpo.

 

A nossa dica principal é: converse com o seu parceiro. Criar vínculos e estar em sintonia com o seu par torna tudo mais leve e descomplicado.

 

O relacionamento precisa ser confortável para os dois e, portanto, é preciso que ambos estejam cientes e seguros da situação. Abra seu coração, discuta seus medos e receios. Talvez o seu parceiro também tenha inseguranças e dúvidas. Juntos, vocês poderão aprender a melhor forma de lidar com a situação.

 

Quando o assunto é relação sexual, existem formas de se sentir mais seguro. Esvazie e higienize a bolsinha e certifique-se de que ela esteja bem fechada e fixa ao corpo. Faixas e cintas podem ajudar na fixação da bolsa ao abdome e garantir mais segurança para os momentos a dois. Camisolas e lingeries de cós alto podem ser uma boa opção para as mulheres que preferem esconder a bolsinha.

 

Viajando com ostomia

Viagens, de maneira geral, já exigem algum planejamento. Se você é ostomizado, vai precisar adicionar alguns cuidados extras à essa lista.

 

Leve sempre os materiais da ostomia com você. Se você vai viajar de avião, certifique-se de ter os itens necessários para uma troca emergencial de bolsa na bagagem de mão. Sempre leve uma quantidade extra de bolsas e materiais essenciais para o caso de uma emergência.

Veja aqui 9 dicas para viajar de avião.

 

Cuidado com comidas diferentes ou muito condimentadas. Como já falamos, o ideal é provar novos alimentos aos poucos para que, caso algum deles te faça mal, você possa administrar a situação tranquilamente.

 

Converse com o seu médico antes de viajar. Ele sabe as suas particularidades e é a melhor pessoa para avaliar a situação como um todo.

 

Quando sua viagem incluir praia, piscina ou cachoeira temos outras dicas. Sempre esvazie a bolsa antes de entrar na água e, de preferência, utilize uma placa nova, que garanta a função do adesivo. Use roupas de banho confortáveis e que te façam sentir seguro. Quando for possível, posicione a bolsinha por baixo da roupa de banho para que fique mais firme e confortável.

Veja como aproveitar o Verão sem complicações.

 

Modelos de bolsas de ostomia

Quando for viajar, sempre leve quantidades extras de bolsas e outros materiais necessários

 

Dicas para evitar os odores da bolsa de ostomia

Sem dúvida, essa é uma das principais inseguranças dos ostomizados. “Será que as pessoas estão sentindo algum cheiro?” ou “como vou esvaziar a bolsinha fora de casa sem passar por constrangimentos?”

Sabemos que essas dúvidas rodeiam a cabeça de muita gente e, por isso, separamos algumas dicas que vão te ajudar a se sentir mais seguro e confiante.

 

Escolha corretamente o modelo da sua bolsa de ostomia

Hoje em dia, muitos fabricantes de bolsas de ostomia investem em tecnologias anti-odor. Além disso, a placa da bolsa deve ser cortada do tamanho exato do estoma. Isso evita infiltrações e vazamentos, o que acaba permitindo que o odor saia.

 

Evite deixar sua bolsa encher até a capacidade máxima

Procure sempre esvaziar a bolsinha quando ela estiver 1/3 cheia. Isso ajuda a evitar vazamentos e evita que a bolsa fique muito pesada, sobrecarregando a placa e deixando os odores passarem.

 

Mantenha bons hábitos alimentares

Já falamos que manter uma dieta equilibrada é importante para o organismo. Da mesma forma, é preciso prestar atenção em alguns outros pontos. Além de evitar alimentos que produzam gases, mastigar bem os alimentos e evitar falar enquanto fala são atitudes que também ajudam na prevenção dos gases.

 

Utilize o Gelificador da Vuelo a cada troca

Ao ser inserido dentro da bolsinha, o Gelificador para Bolsas de Estomias da Vuelo Pharma aromatiza as fezes, combatendo os odores. As cápsulas possuem óleo essencial de lavanda, que deixam o ostomizado mais seguro para esvaziar a bolsinha em qualquer lugar, mesmo em banheiros de uso coletivo. Além disso, como o próprio nome já diz, o Gelificador gelifica os líquidos presentes na bolsa, evitando infiltrações e vazamentos e facilitando o esvaziamento da bolsinha.

Veja aqui e aqui depoimentos de pessoas que não deixam de usar o Gelificador da Vuelo Pharma.

 

Aplicação do Gelificador para Bolsas de Ostomia

Após inserir o Gelificador no interior da bolsa de ostomia, as cápsulas aromatizam e gelificam as fezes

COMMENT THIS PUBLICATION