Dando sequência à série de posts comparando a Membrana Regeneradora Porosa a outras coberturas disponíveis no mercado, conversamos com o enfermeiro estomaterapeuta Antônio Rangel para entender as características da Bota de Unna. Qual a diferença entre ela e a Membracel? É possível associar os dois tratamentos? Veja as respostas para essas e outras perguntas logo abaixo.

 

perna enfaixada com bota de unna

Bota de Unna

 

Vuelo Pharma: O que é a Bota de Unna?

Antônio Rangel: É uma terapia compressiva utilizada para o tratamento de úlceras venosas e edemas linfáticos dos membros inferiores.

 

VP: Como funciona?

AR: É uma bandagem que auxilia no retorno venoso e na diminuição do edema. Essa bandagem é impregnada com pasta de óxido de zinco, que ajuda a combater infecções. A compressão da área afetada faz com que o fluxo venoso melhore, dissociando o sangue estancado e diminuindo o surgimento de úlceras.

 

VP: Como é feita a aplicação?

AR: A aplicação da bandagem pode ser feita de duas formas: em espiral ou em oito. Mas é importante sempre aplicar iniciando na base do pé e subindo em direção ao joelho.

Aplicação de Bota de Unna

 

VP: Por quanto tempo a Bota de Unna pode permanecer no local?

AR: Por até 7 dias.

 

VP: E como a Membracel funciona?

AR: A Membracel é uma membrana regeneradora utilizada para o tratamento de feridas (nesse caso a úlcera). Ela ajuda a manter a umidade natural da lesão e favorece as trocas gasosas. Esses fatores ajudam a acelerar a cicatrização da pele e diminuem o tempo e os custos do tratamento.

Membracel e bota de unna

Aplicação da Membrana Regeneradora Porosa Membracel

 

VP: Quais as principais diferenças entre a Membracel e a Bota de Unna?

AR: São coberturas diferentes. Enquanto a Membracel trata a ferida, a Bota de Unna ajuda a normalizar o retorno venoso.

 

VP: E é possível associar os dois tratamentos?

AR: Sim. Tenho acompanhado excelentes resultados da associação das duas coberturas. As úlceras venosas, geralmente, são lesões doloridas e a Membracel ajuda nesse quesito, pois protege as terminações nervosas. Os pacientes relatam uma grande melhora da dor. Além disso, a membrana forma uma barreira física que evita contaminações. Já a Bota de Unna, além de ajudar na fixação do curativo, faz a compressão do membro, etapa essencial para melhorar a circulação sanguínea. Tratar a origem do problema é tão importante quanto curar a úlcera e, por isso, os dois tratamentos podem ser considerados complementares.

 

Veja abaixo o passo a passo de como fazer o curativo associando a Membracel e a Bota de Unna:

1 – Antes de fazer o curativo, é preciso repousar com os membros inferiores elevados para que ocorra a regressão do edema;

2 – Na sequência, realize a limpeza cautelosa da lesão, utilizando soro fisiológico ou outra solução específica para limpeza de feridas (como os produtos com PHMB);

3 – Seque a pele ao redor da lesão;

4 – Aplique a Membracel, cuidando para que ultrapasse 1cm em pele íntegra;

5 – Aplique soro fisiológico sobre a membrana para garantir a aderência em todo leito da lesão;

6 – Inicie a aplicação da Bota de Unna pela base do pé, mantendo o calcanhar em ângulo reto;

7 – Suba com aplicação (em espiral ou em oito) ao longo da perna, até a altura do joelho;

8 – Se a ferida for bastante exsudativa, posicione algumas gazes na altura da lesão (por cima da Bota de Unna). A gaze absorverá o excesso de exsudato e evitará que a lesão fique úmida em excesso;

9 – Na sequência, aplique bandagem elástica ou atadura de crepe para fixação da Bota de Unna e da gaze, mantendo a pressão uniforme e cobrindo a Bota de Unna por completo;

10 – Sempre que a gaze sobre a lesão estiver saturada (úmida), substitua por novas gazes. Faça o mesmo com a atadura de crepe.

 

Atenção: tanto a Membracel quanto a Bota de Unna podem permanecer no membro por até 7 dias, a menos que haja dor,  vazamento de exsudato, sinais de infecção, dormência, formigamento, latejamento dos dedos ou outras sensações que causem desconforto ao paciente.

Quer saber qual a diferença entre úlceras venosas e arteriais? Acesse esse link.

Veja nesse link como é feita a aplicação de Membracel em úlceras venosas.

COMENTE ESTA PUBLICAÇÃO