A chegada da estação mais quente do ano é motivo de alegria para muitas pessoas, mas para as pessoas estomizadas o calor traz alguns empecilhos, tanto de caráter emocional quanto fisiológico.

Roupas leves, sunga, biquíni, praia, piscina… Cada um desses itens pode ser sinônimo de dúvidas e insegurança, principalmente, para recém-estomizados. “Será que posso ir para a praia? Como vou conseguir disfarçar a bolsinha nesse vestido?”

O processo de adaptação com essa nova situação pode levar algum tempo, mas aos poucos o estoma vai passar a ser apenas mais um detalhe e você vai perceber que não precisa se privar do verão, da praia e da diversão. Porém, alguns cuidados adicionais podem ajudar a aumentar sua sensação de segurança e confiança.

  • Esvazie a bolsa antes de entrar no mar ou piscina para que possa aproveitar o momento sem se preocupar o tempo todo se a bolsa está cheia;
  • Procure uma forma de prender a bolsa na roupa de banho para que fique firme. Maiôs, biquínis e bermudas com cós alto são ótimos nesses casos;
  • Quando for à praia, procure ficar próximo a quiosques ou locais que possuam banheiro. Assim, caso precise, terá fácil acesso e poderá aproveitar seu dia sem complicações;
  • Sempre tenha um kit para uma possível troca de emergência, com bolsa, placa, toalha, água e outros materiais que você utilize normalmente.

Com relação à saúde, também é preciso tomar alguns cuidados, já que o calor pode influenciar no bem estar do estomizado.

Hidratação: como o estomizado não tem controle do funcionamento do intestino/bexiga, acaba perdendo mais líquido do que o normal. Procure beber entre 2 e 3 litros de água por dia. Sucos naturais e água de coco também são muito bem-vindos;

Alimentação: procure manter uma dieta equilibrada e composta frutas e outros alimentos leves. Evite alimentos que produzam gazes. Quando for a restaurantes, escolha locais de confiança e com boa higiene.

Outras dicas:

  • O calor pode fazer com que o intestino funcione mais vezes e, ainda, deixar as fezes mais líquidas. Nesse caso, o Gelificador para Bolsas de Estomia pode ajudar. Em casos de diarréia persistente (mais de um dia), fale com seu médico, pois você pode ficar desidratado;
  • Quando for trocar a placa, lave a região periestoma com água morna ou fria (não quente). Isso irá amenizar a coceira e irritação na região;
  • Evite fazer atividades físicas entre 10h e 16h, além de diminuir os desgastes físicos, você não irá suar excessivamente;
  • Com o suor e as fezes mais líquidas, pode ser que a placa dure menos tempo do que o normal. Nesse caso, procure fazer a troca com mais frequência para manter a integridade da pele periestoma. Ao menor sinal de infiltração, faça a troca da placa;
  • Para que a pele fique protegida e a placa bem aderida, seque bem a pele e aplique o Spray de Barreira. Aguarde alguns segundos até que seque e, então, cole a placa;
  • Use o Gelificador para se sentir mais confiante e seguro e aproveitar as férias ao máximo.

COMENTE ESTA PUBLICAÇÃO