A maioria das pessoas ainda não sabe como agir quando acontece alguma queimadura. Primeiro, é preciso saber identificar o grau da lesão:

1º grau: queimaduras leves, nas quais ocorre uma vermelhidão no local, seguida de inchaço e dor variável. Não há formação de bolhas e a pele não se desprende.

2º grau: possui uma destruição maior da epiderme e derme, com dor mais intensa. Normalmente aparecem bolhas no local ou desprendimento total ou parcial da pele afetada.

3º grau: ocorre destruição total de todas as camadas da pele, e o local pode ficar esbranquiçado ou escuro. Nesse caso, a dor é geralmente pequena, pois a queimadura é tão profunda que danifica as terminações nervosas da pele. Estas podem ser muito graves e até fatais.

E, então, o que fazer imediatamente após a queimadura? Em queimaduras de 1º ou 2º grau é indicado colocar a parte atingida debaixo de água corrente fria por aproximadamente dez minutos ou fazer compressas úmidas e frias. Em hipótese alguma usar pasta de dente ou manteiga, por exemplo. Eles costumam dar a sensação de conforto, alívio e frescor ao serem usados, mas podem prejudicar ainda mais a lesão por meio de outras contaminações. Já em casos de queimaduras de 3º grau é preciso buscar imediatamente um atendimento médico. No próximo post, conheça alguns dos tratamentos para queimadura.

COMENTE ESTA PUBLICAÇÃO

WhatsApp chat